palestra sobre saúde do homem 1

Em alusão ao Novembro Azul, a Penitenciária Masculina de Tubarão promoveu uma palestra com o Técnico em Enfermagem Cleber Gonçalves Siqueira. Integrante da equipe de saúde da Prefeitura Municipal de Laguna, o profissional explorou temas que envolvem a atenção à saúde do homem, com o objetivo de sensibilizar internos e servidores sobre a importância do diagnóstico precoce e tratamento do câncer de próstata.
“ Agradecemos ao profissional Cleber Gonçalves Siqueira pelos ensinamentos, pela troca de experiências e por toda parceria, assim como a todos os servidores e servidoras que não pouparam esforços no planejamento e organização do evento”, assinalou Guilherme Marins, Diretor da Penitenciária Masculina de Tubarão.

Feminino de Itajaí projeto Memórias 1

Uma parceria entre o Curso de Fotografia e Estética da Univali e o Presídio Feminino de Itajaí resultou no projeto “Memórias”, ensaio fotográfico com os bebês do berçário e as gestantes privadas de liberdade que estão na unidade prisional.

O objetivo da ação é despertar o sentimento de pertencimento e resgatar a autoestima das internas. Durante dois dias, os fotógrafos treinaram o olhar em busca do melhor ângulo para registrar um momento de encontro entre a mãe e o filho.

De acordo com a Superintendente Regional do Vale do Itajaí, Policial Penal Marta Regina Ambrósio, o projeto Memórias busca também reduzir a ansiedade das mães promovendo assim o bem-estar dos bebês, proporcionando memórias e sentimentos de amor. Grávidas e puérperas vivenciam um período de grandes transformações e o acolhimento.

Foto: Lucas Vinicius Correia

segurança e proteção de autoridades

O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima, participou nesta quarta-feira (23) da cerimônia de Formatura do Curso de Segurança e Proteção de Autoridades, no Complexo Penitenciário do Estado (COPE), em São Pedro de Alcântara.

Idealizado pela Academia de Administração Prisional e Socioeducativa (Acaps), o curso coordenado pelo Policial Penal Marcos Reitz é multidisciplinar e capacita os servidores das forças de segurança a atuar de forma preventiva, defensiva ou evasiva em situações de risco. A formação contou com a participação de 38 alunos, sendo 28 Policiais Penais, 03 Agentes de Segurança Socioeducativos, 05 Policiais Militares, além de 01 Policial Civil, que atua na Core, e 01 Guarda Municipal de Florianópolis.

Em seu pronunciamento o Secretário da SAP, Leandro Lima, enfatizou a importância da união das forças de segurança, por meio da troca de saberes. “Esta terceira edição do curso é resultado de um processo de aprendizagem coletiva. É da experiência e das dificuldades vivenciadas em cada uma das corporações, aqui representadas, que articulamos o conhecimento”, disse. Ele destacou que nos últimos anos há um investimento forte da SAP na qualificação profissional dos operadores. “O trabalho desenvolvido pela Academia de Administração Prisional e Socioeducativa (Acaps) já é de excelência e avança ainda mais agora com o SAPCiência, programa que oferece vagas de especialização, mestrado e doutorado, totalmente financiado pela SAP. “O objetivo é articular o pensamento científico com as práticas reais diárias dos operadores”, momento em que fez uma homenagem ao Policial Penal, Lourival Nicolau dos Santos, que está há 39 anos atuando na Penitenciária da Capital e estava na solenidade de formatura para acompanhar o filho, que também Policial Penal, Eduardo Guimarães.

Leandro Lima assinalou que o curso vai muito além da proteção de autoridades. “Nos últimos anos recebemos pelo menos 40 secretários de estado, ministros, embaixadores, entre tantos outros visitantes e a imagem que eles levam não é apenas do sistema prisional ou socioeducativo. É a imagem do estado de Santa Catarina”, enfatizou.
Representando a Policia Civil, o Delegado John Vieira, que também responde pela Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC) parabenizou os integrantes do curso. “Esta formação demonstra o quanto as forças de segurança do estado estão preparadas para enfrentar e combater a criminalidade”, disse o Delegado John Vieira.

O Tenente Coronel Fábio Henrique Machado, que no ato estava representando a Casa Militar, destacou que os conteúdos e práticas trabalhadas no curso elevam o nível pessoal e profissional de todos os integrantes. “A SAP evoluiu muito e independente das muitas qualidades dos integrantes das áreas de segurança do governador, da vice-governadora e de cada órgão de governo, a SAP é um exemplo em nível de Brasil e o Secretário Leandro é líder que encabeça toda esta evolução.”

O Policial Penal, Paulo Roberto de Oliveira, Diretor da Acaps, fez uma reflexão à cerca das conquistas do sistema. “Quando evoluímos profissionalmente precisamos nos cercar de pessoas competentes e a evolução do sistema prisional e socioeducativo se dá por meio dos seus operadores. Tenho orgulho de trabalhar com profissionais como vocês”, finalizou Paulo Roberto de Oliveira.

Em nome dos formandos a Policial Penal, Natasha D. Vieira, ressaltou a importância dos programas de qualificação profissional oferecidos pela SAP. “A oferta de cursos de qualificação, a possibilidade de cursar mestrado e doutorado com o SAPCiência revelam a preocupação da SAP em valorizar todos os seus servidores.”

Esta é a terceira edição da formação e, ao longo de 16 dias e somando 160 horas/aula, foram abordadas questões práticas e teóricas sobre segurança de autoridades, sempre ministradas por especialistas da Polícia Penal catarinense, Exército Brasileiro, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Guarda Municipal de Florianópolis.

Também participaram do evento o Diretor da DIAF, Bruno Gabriel; Diretor da DINF, Ricardo Ferreira; Diretor-Geral do DPP, Vladecir dos Santos; o Diretor do Dease, Zeno Tressoldi; o Coordenador de Operações do DPP, Robson Oliveira; o Diretor do COPE, Thanael Hoenicke; o Guarda Municipal de Florianópolis, João Batista Godói; o Subtenente Reginaldo Wendhausen Fraga, da FAB, entre outras autoridades.

segurança e proteção de autoridades 1

segurança e proteção de autoridades 6

MPDFT


O Secretário Adjunto da SAP, Edemir Alexandre Camargo Neto e a Gerente de Penas Alternativas e Apoio ao Egresso, Janete Grobe, receberam nesta terça-feira (23), na sede da SAP, a comitiva do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – MPDFT. O objetivo do encontro foi apresentar o trabalho desenvolvido nas Centrais de Pena e Medidas Alternativas (CPMAs).

Participaram do encontro a Procuradora-Geral de Justiça do Distrito Federal, Fabiana Costa Oliveira Barreto, a Promotora de Justiça e Secretária Executiva do Grupo Nacional de Coordenadores de Centro de Apoio Criminal (GNCCRIM), Selma Leão Godoy, a Servidora e Assessora Especial da PGJ/MPDFT, Rita Candeia de Souza Lima e o Coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal, do Ministério Público de Santa Cataria (MPSC), Promotor, Jádel da Silva Júnior.

Na oportunidade a equipe da SAP apresentou a estrutura e as atividades desenvolvidas no âmbito das 11 CPMAs, instaladas nas comarcas de Blumenau, Criciúma, Chapecó, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Laguna, Palhoça e São José. Por meio da Gerência de Penas Alternativas e Apoio ao Egresso (Gepae), e em parceria com o Poder Judiciário, as CPMAs estão recebendo investimentos para intensificar sua atuação em Santa Catarina.
Também foi apresentado o modelo de atividade laboral implantado nas unidades prisionais catarinenses, que promove a capacitação, trabalho e renda para o interno.