inauguracaoleitosutisimbituba

O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima, representou o Governador Carlos Moisés, nesta quarta-feira (09), no ato de inauguração da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital São Camilo, em Imbituba. Os 10 leitos ativados se destinam à pacientes com Covid-19 e serão uma referência para o sistema prisional, caso surja alguma demanda de leitos de UTI para pessoas privadas de liberdade. O Superintendente dos Hospitais Públicos Estaduais, Marcio Mesquita Judice, também participou do ato e reforçou a importância das iniciativas do Governo do Estado no sentido de atender às necessidades dos municípios catarinenses.

Na solenidade de ativação da UTI, o Secretário da SAP destacou que sistema prisional tomou todas as medidas a fim de mitigar os efeitos da Covid-19 entre internos, servidores e familiares. “Neste momento, o sistema prisional não tem uma demanda de UTI para atender casos da Covid-19, mas nos tranquiliza saber que temos uma estrutura deste nível à disposição”, comentou.

O investimento na UTI do Hospital São Camilo foi feito por meio de uma parceria com o Governo do Estado. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) aplicou R$ 1.264.564,20 na aquisição de 10 monitores multiparâmetro e 10 ventiladores pulmonares e a Prefeitura de Imbituba investiu R$ 713.027,13 em equipamentos (65 unidades), fora a reforma de toda a ala destinada aos leitos

Vale ressaltar que, por ser, neste primeiro momento, uma UTI Covid-19, o Governo do Estado irá bancar 100% do custo até o fim do ano. Em 2021, quando os leitos passarem a ser de Unidade de Terapia Intensiva normal, haverá a divisão dos valores entre o município de Imbituba e o Ministério da Saúde.

No próximo ano, para manter os 10 leitos em funcionamento no Hospital São Camilo, o custo mensal será de, aproximadamente, R$ 480 mil. Com a habilitação dos leitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), esse valor cairá pela metade, já que o Governo Federal irá custear os outros 50% da manutenção mensal.

A instalação da UTI contou com o apoio da Associação Empresarial (ACIM), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Câmara de Vereadores.

inauguracaoutisimbituba

PAESSETEMBROAMARELO

O PAS mantém o serviço de apoio emocional virtual para servidores desde março, e agora reforça seu trabalho no Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção ao suicídio.

Consequência final de um processo, o suicídio é o desfecho de uma série de fatores que se acumularam na história do indivíduo. Antes do ato em si, em geral houve a intenção, o plano, os pensamentos suicidas. Há fatores que aumentam o risco do suicídio, como, por exemplo, o uso abusivo de álcool entre outras substâncias, o estresse e eventos traumáticos; e, outros, que diminuem esse risco, como apoio familiar, tratamento psicológico e psiquiátrico. Importante destacar que o comportamento suicida é mais comum do que pensamos.

A equipe do PAS está disponível para o acolhimento dos servidores que estejam com dificuldades, oferecendo atendimento qualificado e sigiloso. Você não está sozinho. Estamos aqui para atendê-lo. Fique à vontade para entrar em contato pelo telefone do Programa: (48) 99117-8996.

Confeitaria SULimagem

A SAP abriu um Edital de Chamamento Público para a seleção de empresas parceiras interessadas em montar oficinas de trabalho no Presídio Regional de Criciúma, Presídio Regional Masculino de Tubarão, Presídio Feminino de Tubarão, Presídio Regional de Araranguá e UPA de Imbituba, unidades localizadas na área de abrangência da Regional 02 – Sul Catarinense. Até o dia 08 de outubro, as empresas poderão encaminhar suas propostas para análise do Departamento de Administração Prisional (Deap). Diversas unidades do Sul já tem oferta de trabalho para presos e, podemos citar como exemplo, a confeitaria instalada na Penitenciária Feminina de Criciúma. 

O Chamamento Público é um instrumento jurídico que, além de dar transparência no processo de seleção das empresas que pretendem no sistema prisional, abre a possibilidade para que mais instituições apresentem seus projetos ao Deap.

Para participar do edital as empresas têm alguns pré-requisitos a serem cumpridos como, por exemplo, oferecer uma atividade laboral ligada à vocação econômica da região. “Além de permitir a reabilitação social e econômica dos internos, a atividade laboral é uma estratégia de segurança prisional. Manter e ampliar a oferta de trabalho, assim como de ensino, é fundamental para que o egresso do sistema tenha condições de disputar uma vaga de trabalho no mercado,” assinalou o secretário Leandro Lima.

Dentre outros itens que são considerados na seleção estão as ações de responsabilidade social e ambiental da empresa, a contratação de egressos do sistema, a oferta de um trabalho qualificado, além do treinamento do interno. “As unidades da região sul têm muito a ganhar com as novas vagas de atividade laboral proporcionadas pelo Chamamento Público, instrumento que dá mais celeridade e clareza às parcerias entre iniciativa privada e Estado,” assinalou Lea Fernanda Mazaro, Gerente de Trabalho e Renda do DEAP.

Para conferir o edital na íntegra, clique aqui.

Imagem padrão DEAP

Foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (8) o edital para o Concurso interno de remoção para agentes penitenciários. O certame permite que servidores do cargo de Agente Penitenciário possam solicitar a remoção interna para outras unidades prisionais do Estado de Santa Catarina. O prazo para inscrições começa nesta quinta (10) às 13h e termina na segunda (21) de setembro às 18h.

O processo será totalmente virtual, por meio da plataforma SAPRH, um software desenvolvido com tecnologia própria através da equipe da Gerência de Tecnologia da Informação, com a cooperação dos servidores da Gerência de Gestao de Pessoas.

Para  ter acesso ao edital completo, clique aqui.

Para acessar a plataforma SAPRH, clique aqui.