Aguia de Osso concluído 1

O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima, participou na manhã desta quinta-feira (25) da solenidade de Formatura do Curso de Operações e Escolta de Alta Complexidade – Águia de Osso, no Centro de Treinamento Tático do Complexo Penitenciário do Estado, em São Pedro de Alcântara. O curso habilita operadores a atuar no Serviço de Operações e Escoltas (SOE) começou no dia 07/02 com 34 integrantes (02 policiais penais do RS; 02 policiais penais do Pará; 01 policial militar do Pará; 01 Guarda Municipal de Florianópolis; 32 policiais penais de SC, sendo 02 mulheres e 30 homens).

Após 47 dias, 18 conseguiram vencer todas as etapas: 01 Policial Militar do Pará; 01 policial penal do RS; 01 Guarda Municipal de Florianópolis e 15 policiais penais catarinenses, dentre elas, uma mulher. “Me dirijo aqui aos 34 inscritos pois entendo que é importante ressaltar que apenas o gesto de participar de curso já demonstra uma grande coragem e comprometimento com o trabalho, voltado à melhoria das nossas instituições”, disse Leandro Lima. Ele ressaltou ainda a importância do fortalecimento de um sistema integrado de segurança pública com cada uma das instituições cumprindo o seu papel, tendo como objetivo final a busca pela paz social.
O curso de Operações e Escolta de Alta Complexidade – Águia de Osso teve uma carga horária de 619 horas/aula e, ao longo de 47 dias, os participantes vivenciaram na teoria e na prática os principais desafios para atuar em escoltas complexas, em situações que envolvam alto risco e logística de segurança complexas. A formação conta com disciplinas como nivelamento de tiro, simulação crítica em escolta, técnicas de contra-emboscada, patrulha rural, entre outras.

Aguia de Osso concluído 3

Promovido e coordenado pela Acaps, o Águia de Osso contou com a participação das seguintes instituições coirmãs que ministraram instrução e deram apoio: Escola de marinheiros de Santa Catarina; Base Aérea de Florianópolis; Polícia Rodoviária Federal; Guarda Municipal de Florianópolis; Polícia Civil SC por meio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core); Polícia Civil PR, por meio do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre); Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) - PMSC; Batalhão de Policiamento de Choque da PMSC; Batalhão de Aviação PMSC; Bombeiro Militar SC e Polícia Científica SC.

Além dos familiares dos formandos, participaram da solenidade o Secretário Adjunto, Edemir Alexandre Camargo Neto; Diretor-Geral do DPP, Vladecir Souza dos Santos; Diretor da Acaps, Paulo Roberto de Oliveira, Delegado da Core (PCSC), Danilo Bessa Brilhante; Comandante do Bope, Tenente-Coronel Lucius Paulo de Carvalho; Comandante da 1ª Base do Batalhão de Aviação, Tenente Coronel Leandro de Amorin, Superintendente Regional da Grande Florianópolis, Claudiomiro Marques, o prefeito de São Pedro de Alcântara, Charles da Cunha, entre outras importantes autoridades do sistema prisional catarinense como a Diretora do SOE, Caroline Liberali Ghem, Diretor do Grupo de Operações Aéreas (GOA), Fabio Kinczeski; Superintendente de Segurança e Operações, Robson Silva de Oliveira e Marcelo Dias, Diretor em exercício do GTI.

Aguia de Osso concluído 2

Programa de Apoio ao Servidor
Programa de Apoio ao Servidor (PAS) recebeu nesta sexta-feira (25) a visita do SENASP/PRO VIDA - Programa Nacional de qualidade de vida para profissionais de segurança. Foi uma reunião importante para apresentar as ações já existentes no âmbito da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa e discutir a construção de projetos voltados a saúde e valorização dos servidores. Participaram do encontro as servidoras Michele Canali e Carina Goulart (PAS), Cristiane Eller e Vinicius Lages (Dease), Antonio Altino (DPP); Wenia Alves, Diego Remor e Thiago Machado do Senasp.

WhatsApp Image 2022 03 25 at 16.19.58

O Secretário da SAP, Leandro Lima, o Secretário Adjunto, Edemir Alexandre Camargo Neto e o Diretor de Inteligência, Ricardo Ferreira, estiveram nesta quarta-feira (23), na sede da Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo.
O encontro foi mais oportunidade para aprimorar as parcerias estratégicas entre as duas instituições no combate à criminalidade. A equipe catarinense foi recebida pelo Secretário de Estado da Administração Penitenciária, Coronel Nivaldo Cesar Restivo, pelo Diretor de Inteligência, Coronel Balestiero pelo assessor especial da SAP/SP, Coronel Severo.

Convênio entre SAP e Epagri 1

A produção agrícola, que já ocupa lugar de destaque nos sistemas prisional e socioeducativo catarinense, vai receber um novo incremento. Um convênio assinado nesta quinta-feira (24) entre a SAP e a Epagri prevê que técnicos da Empresa façam o assessoramento técnico a fim de melhorar a produtividade e a qualidade do que é cultivado nas unidades prisionais e socioeducativas. Nas unidades prisionais, a produção agropecuária é realizada pelos internos e, no sistema socioeducativo, pelos adolescentes em conflito com a Lei. “Sempre procuramos oferecer vaga de trabalho para os apenados, em atividades profissionais que estejam focadas na vocação econômica da região. Desta forma, ao ganhar a liberdade, ele já tem uma profissão e uma experiência para retornar ao mercado de trabalho”, destacou o Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima.

A Presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, disse que a instituição pode contribuir em várias frentes com o trabalho que vem sendo desenvolvido nas unidades. “Tenho o entendimento que essa parceria é uma ação social, uma oportunidade de crescimento para a sociedade em geral”, destacou Edilene. Segundo ela, além de melhorar a produtividade, as informações que as áreas levarão às unidades estimulam o consumo de alimentos saudáveis, a responsabilidade ambiental e a sustentabilidade, entre outros aspectos.

Durante a solenidade de assinatura do convênio, na sede da SAP, o Secretário Adjunto, Edemir Alexandre Camargo Neto apresentou a dinâmica da atividade laboral nas unidades prisionais que hoje mantém cerca de 7 mil presos trabalhando, ganhando salário e retornando 25% deste valor ao Fundo Rotativo, ferramenta que permite que o percentual arrecadado seja investido na unidade. “Outro fato relevante é que o interno resgata a sua escolaridade”, assinalou o Secretário Adjunto. Santa Catarina tem 13,8 mil internos em atividade educacional, seja no Programa Despertar pela Leitura e no ensino formal.
O Secretário Leandro Lima enfatizou que a parceria entre a SAP e a Epagri demonstram na prática uma premissa do Governo Carlos Moisés. “Proporcionar mais entregas para a sociedade catarinense”, finalizou.

Convênio entre SAP e Epagri 4