Florianópolis (12/9/2008) - Cerca de 400 catarinenses, representantes da sociedade civil e do poder público, de diferentes movimentos sociais organizados, participam a partir da próxima segunda-feira (15/9), no Hotel PraiaTur, na praia dos Ingleses, em Florianópolis, da 1ª Conferência Estadual dos Direitos Humanos, que apresenta o tema: “Respeitando as Diferenças”.

dsc04111site.jpgO Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e a Secretaria Executiva da Justiça e Cidadania (SJC), através do Procon Estadual, firmaram nesta terça-feira, (26/8), no Gabinete do Procurador-Geral de Justiça, Gercino Gerson Gomes Neto, um termo de cooperação para o intercâmbio de informações. Além do procurador, o secretário da SJC, Justiniano Pedroso e o Coordenador do Centro Operacional do Consumidor do MPSC, Álvaro Melo, também assinaram o termo. O objetivo é ampliar a esfera de proteção do consumidor e inibir o mau fornecedor, pois atualmente não há uma rotina formal de comunicação entre os órgãos sobre as atividades desenvolvidas nas suas respectivas atribuições.

O papel dos meios de comunicação e das redes sociais na prevenção, durante e após os desastres causados por fenômenos naturais e pela ação humana será debatido no 1º Fórum da Rede Cooperativa de Comunicação para Cultura de Prevenção de Desastres, dia 29 de agosto, das 9 às 19 horas, no Hotel Castelmar, em Florianópolis, com a presença de representantes da Estratégia Internacional para Redução de Desastres – EIRD, da Organização das Nações Unidas.   

A Escola Penitenciária tem a satisfação de informar que o processo de inscrição dos AGENTES PRISIONAIS DE SANTA CATARINA no PROJETO BOLSA FORMAÇÃO foi regularizado. Este Projeto foi criado no âmbito do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp)/Ministério da Justiça. É destinado à qualificação profissional dos profissionais de Segurança Pública e Justiça Criminal, na tentativa de construir um novo paradigma de Segurança Pública entre Governo Federal e os Governos Estaduais. O valor pago pelo Projeto Bolsa Formação é de R$ 400,00 (quatrocentos reais) mensais.