inauguracaoleitosutisimbituba

O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima, representou o Governador Carlos Moisés, nesta quarta-feira (09), no ato de inauguração da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital São Camilo, em Imbituba. Os 10 leitos ativados se destinam à pacientes com Covid-19 e serão uma referência para o sistema prisional, caso surja alguma demanda de leitos de UTI para pessoas privadas de liberdade. O Superintendente dos Hospitais Públicos Estaduais, Marcio Mesquita Judice, também participou do ato e reforçou a importância das iniciativas do Governo do Estado no sentido de atender às necessidades dos municípios catarinenses.

Na solenidade de ativação da UTI, o Secretário da SAP destacou que sistema prisional tomou todas as medidas a fim de mitigar os efeitos da Covid-19 entre internos, servidores e familiares. “Neste momento, o sistema prisional não tem uma demanda de UTI para atender casos da Covid-19, mas nos tranquiliza saber que temos uma estrutura deste nível à disposição”, comentou.

O investimento na UTI do Hospital São Camilo foi feito por meio de uma parceria com o Governo do Estado. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) aplicou R$ 1.264.564,20 na aquisição de 10 monitores multiparâmetro e 10 ventiladores pulmonares e a Prefeitura de Imbituba investiu R$ 713.027,13 em equipamentos (65 unidades), fora a reforma de toda a ala destinada aos leitos

Vale ressaltar que, por ser, neste primeiro momento, uma UTI Covid-19, o Governo do Estado irá bancar 100% do custo até o fim do ano. Em 2021, quando os leitos passarem a ser de Unidade de Terapia Intensiva normal, haverá a divisão dos valores entre o município de Imbituba e o Ministério da Saúde.

No próximo ano, para manter os 10 leitos em funcionamento no Hospital São Camilo, o custo mensal será de, aproximadamente, R$ 480 mil. Com a habilitação dos leitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), esse valor cairá pela metade, já que o Governo Federal irá custear os outros 50% da manutenção mensal.

A instalação da UTI contou com o apoio da Associação Empresarial (ACIM), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Câmara de Vereadores.

inauguracaoutisimbituba