23PM GEMOP

As políticas públicas de proteção à mulher vítima de violência estão ganhando cada vez mais força em Santa Catarina e a tecnologia pode ser aliada decisiva quando se trata de defender a vida. Uma parceria entre a SAP, a PMSC e o TJSC poderá ampliar a capacidade de atuação da Polícia Militar em casos envolvendo a Lei Maria da Penha.

O primeiro passo para a construção do projeto que pode dar mais agilidade aos policiais no atendimento de ocorrência deste tipo foi dado nesta terça-feira (23) com a visita do Tenente Coronel Eduardo e do Capitão Rossi, à Gerência de Monitoramento e Operações Penitenciárias (Gemop) da SAP. Eles vieram conhecer o sistema que faz o controle do monitorado que usa tornozeleira eletrônica. “Nosso sistema nos permite fazer um mapeamento, por exemplo, de todos os monitorados  que usam tornozeleira por conta da Lei Maria da Penha. Se identificarmos que ele violou a área de inclusão e está se aproximando da casa da família, a PM terá acesso a essa informação e poderá socorrer a vítima com mais rapidez”, observou Marcio do Nascimento, Gerente da Gemop.

Para os Policiais Militares que atuam na área de inovação e tecnologia da PMSC essa integração pode representar um passo importante na defesa da mulher vítima de violência. O Tenente Coronel Eduardo, chefe da PM7, e o Capitão Rossi ressaltaram que o aplicativo PMSC Cidadão permite que mulheres vítimas de violência doméstica possam acionar a Polícia Militar através do botão de pânico e um passo importante seria a evolução dos sistemas para que as violações possam ser informadas a PMSC em tempo real, assim diminuindo o tempo resposta para o atendimento dessas ocorrências.

HELVIO

O Agente Penitenciário Bruno Gabriel é o novo Diretor de Administração e Finanças da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP). Ele substituiu o também Agente Penitenciário Hélvio Costa Martins que, depois de merecidas férias, retoma suas atividades profissionais no Complexo Penitenciário do Estado em São Pedro de Alcântara. O Secretário Leandro Lima, o adjunto, Edemir Alexandre Camargo Neto e o novo diretor Bruno da DIAF entregaram uma placa ao “Seu Hélvio” para agradecer aos relevantes serviços prestados na Diretoria de Administração e Finanças.

JOIN VISITAEQUIPE

O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima, fez uma inspeção no Complexo Penitenciário de Joinville nesta terça-feira (23) para acompanhar as rotinas da unidade e andamento das obras de reforma e ampliação do Presídio, em cumprimento ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado com o Poder Judiciário.

Além de percorrer as galerias do Complexo onde os internos estão alocados, Leandro Lima vistoriou a cozinha, rouparia, área de estoque de alimentos e de produtos de limpeza e a sala de controle do Circuito Fechado de TV (CFTV), de onde é possível monitorar a unidade.

Na penitenciária esteve também na sala da Banda Acordes para a Liberdade, integrada por internos que já se apresentaram inclusive em eventos da SAP e na Biblioteca. “O sistema prisional está vivo pelas mãos dos operadores que, diariamente, enfrentam a atividade e executam suas missões com muito êxito. Quero parabenizar todos os agentes penitenciários, operadores e gestores que atuam no Complexo Penitenciário de Joinville pelo belíssimo trabalho que vem sendo realizado”, observou o titular da SAP.

JOIN VISITABAT

Sala da Banda Acordes da Liberdade, na Penitenciária de Joinville

Ampliação e Reforma

Em seguida, visitou as obras de reforma e ampliação que prevê a demolição de dois pavilhões antigos dando lugar a duas novas edificações com 123 vagas. Neste espaço, além das celas, a arquitetura prisional também prevê áreas para oficinas de trabalho e ensino, com formação regular e profissionalizante.

As novas galerias de celas da unidade também serão construídas com controle aéreo, o que aumenta as condições de segurança dos agentes penitenciários, dos internos, da unidade e de todos que ali trabalham. Também estão previstas melhorias nas condições de armazenamento de água através da instalação de novos reservatórios de água.

Em razão do modelo de licitação por Concorrência Pública pelo menor preço, o valor final da obra ficou em R$ 8,1 milhões, resultando numa economia de R$ 2,9 milhões uma vez que o valor inicial orçado era de até R$ 11 milhões.

673d8918 04ae 4a28 9ddb c1fe8b1398aa

O Secretário Leandro Lima e o novo Diretor do Deap, Vladecir Souza dos Santos, estiveram reunidos com os gestores da Regional 03 Norte Catarinense, na quinta-feira (18), em Jaraguá do Sul. O encontro faz parte de um roteiro de visitas para o novo Diretor do Deap apresentar os projetos e ações que pretende implantar no Departamento de Administração Prisional.

Sob a coordenação do agente penitenciário João Renato Schitter, a Regional 03 engloba a Penitenciária Industrial de Joinville, Presídio Regional de Joinville, Presídio Regional de Jaraguá do Sul, Presídio Regional de Mafra, UPA de Canoinhas e Upa de São Francisco do Sul. Após o encontro, o secretário da SAP e o Diretor do Deap realizaram uma inspeção no Presídio Regional de Jaraguá do Sul.