rodasdeconversaprb

O Serviço Social do Presídio Regional de Blumenau e o Conselho da Comunidade estão realizando uma série de rodas de conversas no PRB para os visitantes cadastrados na unidade. As conversas duram cerca de 30 minutos, tempo de espera para a organização das revistas dos visitantes via escâner corporal. Até a próxima quinta-feira (12) o foco do debate será como dar limites aos filhos, mediado por Antônio Fernando das Neves Filho. 

Nos dias 13, 14 e 17 de abril, o palestrante Tarcísio Wickert fala sobre o sentido da vida e a importância de se respeitar as regras sociais. O mundo do trabalho é tema que será apresentando nos dias 18,19,20 e 22 por um representante da Furb.

De acordo com a Assistente Social Silvana Braz Wegrzynovski, o retorno das famílias é muito positivo. “É um espaço de informação e conhecimento, mas também de esclarecimento sobre os procedimentos da unidade” conta Silvana destacando que os debates sempre são mediados por pessoas ligadas ao Conselho da Comunidade ou convidados especiais.  

As rodas de conversas começaram no passado e entre os temas que já foram debatidos estão violência doméstica, direitos dos visitantes, problemas gerados pela tentativa de entrar na unidade com ilícitos, dentre outros assuntos que contemplam autoajuda e reflexão.

8d62dccc 9b80 4abe 9dd9 8d2597de674b

A Revista Brasileira de Execução Penal, publicação oficial do Departamento Penitenciário Nacional, possui conteúdo exclusivo sobre o sistema prisional catarinense. Trata-se do artigo “Fundo Rotativo do Sistema Prisional do Estado de Santa Catarina: case regional Chapecó”, que fala da experiência da região com o modelo do fundo rotativo penitenciário, ferramenta que tem como objetivo a descentralização e autossuficiência das unidades prisionais catarinenses. 

O artigo foi produzido pela Controladora Interna do Complexo Penitenciário de Chapecó Kellyn Regina Lazarotto, pelo Assessor Jurídico do Complexo, Dirceu Rodrigues da Silva, e pelo Diretor da Regional Oeste do Deap, Alecsandro Zani.

“O Fundo Rotativo, além de valorizar o trabalho dos internos nas unidades, é uma possibilidade para fazer com que os Presídios e Penitenciárias sejam autossuficientes. Apresentar isso em uma publicação oficial de renome e circulação é uma forma de espalharmos a ideia, que tem contribuído muito para a qualidade do sistema prisional catarinense.” conta Alecsandro Zani.

Para conferir o artigo na íntegra, basta clicar aqui.

GrupoPresidioFemininobomcomportamento

Ocorreu na tarde desta quinta-feira (20) uma reunião da equipe multidisciplinar que trabalha consciência e conduta no Presídio Feminino de Chapecó. O grupo, denominado “Orientação e Convivência Harmônica sem o uso de Psicotrópicos” esclarece dúvidas e discute condutas dentro da unidade. Na reunião, participam as internas e o setor penal, com agentes penitenciários de áreas distintas

“O grupo tem como objetivo transformar o dia-a-dia na unidade mais harmônico, tanto para as internas quanto para os agentes. Nesse sentido, estamos tendo bons resultados.” relata a gerente do Presídio Feminino de Chapecó, Simone da Silva Moura.

Dentre os temas discutidos na reunião, ressaltou-se a importância do bom comportamento e do respeito para um bom convívio.

WhatsApp Image 2020 02 19 at 16.17.47

O gerente do Presídio Regional de Joaçaba, Ronaldo Cavichioli, e o prefeito em exercício do município de Herval D’Oeste, Mauro Sérgio Martini, assinaram nesta terça-feira (18) um convênio de parceria entre as instituições. O termo assinado, com intermédio da SAP, permite que os internos do regime semi-aberto da unidade exerçam atividade laboral remunerada para a administração municipal de Herval D’Oeste.

“A atividade laboral contribui para a reabilitação social e econômica dos internos e convênios como esse garantem que ela aconteça de forma digna para os apenados”, conta o gerente do Presídio Regional de Joaçaba, Ronaldo Cavichioli.

Participaram também da cerimônia o Secretário de Administração e Finanças de Herval D’Oeste