REUNIAOCONSEJACOESPANDEMIA

O secretário da SAP e vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários de Justiça, Direitos Humanos e Administração Prisional (Consej), Leandro Lima, participou nesta terça-feira (16) de uma videoconferência com os integrantes do Consej. O Conselho é formado pelos secretários de 26 estados e do Distrito Federal.

O convidado do encontro para debater os desafios do sistema prisional frente à pandemia foi o médico oncologista Dr. Dráuzio Varella, que há 30 anos trabalha de forma voluntária no sistema prisional de São Paulo. Ele falou em nome do Instituto Todos pela Saúde, grupo gerido por especialistas de diversos setores da área cujo objetivo é contribuir para combater a pandemia nas diferentes classes sociais e apoiar as iniciativas da saúde pública.

“Toda essa vivência me deu uma noção da complexidade que é o sistema prisional do Brasil”, disse Dráuzio. Para ele, o isolamento dos internos – com a suspensão das visitas de familiares é um enorme desafio para o sistema. “Os senhores secretários têm sido muito hábeis até o momento porque não é fácil convencer o preso que ele não vai receber a visita da família. Provavelmente eles estão entendendo o que se passa aqui fora”, observou.

Dráuzio Varella fez ainda uma avaliação do avanço do vírus no mundo destacando que, no Brasil, a expectativa era que a contaminação fosse mais rápida em cidades como São Paulo. “Mas fomos surpreendidos com a velocidade da contaminação no Norte e Nordeste do país.”

Em nome dos secretários da Administração Prisional da Região Sul, o titular da SAP, Leandro Lima, reforçou a importância da adoção de medidas para compensar a suspensão das visitas presenciais e o envio de cartas. Lima destacou que a comunicação entre os apenados e suas famílias por meio da visita virtual e de e-mails tem sido uma importante ferramenta para a manutenção da estabilidade do sistema.

A videoconferência foi coordenada pelo Presidente do Consej e secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico.