05PALESTRA TONINHO

O psicólogo policial civil Antônio Carlos José Britto foi o palestrante convidado para encerrar a Campanha Agosto Lilás, nesta quinta-feira (5), na Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP).  Na oportunidade Antônio Britto, que atua na Coordenadoria das Delegacias de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) da Polícia Civil, discorreu sobre o projeto “PC por Elas: aspectos psicológicos e legais da violência contra mulher”.

Ele expôs aspectos legais e psicológicos da violência contra a mulher, com destaque para o controle psicológico nos relacionamentos, tendo como foco a progressão da violência psicológica para a física, principalmente nas vivências femininas nessas relações. “Essa exposição é importante na preparação dos servidores para identificar e intervir nesses casos de violência, que muitas vezes nem sequer é identificada. A violência não se resume em bater”, observou.

O evento foi organizado pela Gerência de Apoio Sociopedagógico e Saúde do Departamento de Administração Socioeducativa (Dease) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) e Polícia Civil de Santa Catarina. Os servidores da SAP também tiveram a oportunidade de assistir a palestra da Gerente de Política para Mulheres e Direitos Humanos da SDS, Aretuza Larroyd.

 “Foi um momento para conscientizar e desmistificar certos aspectos da violência contra mulher”, conta Beatriz de Amarante, organizadora do evento e psicóloga da Gerência de Apoio Sociopedagógico e Saúde do Dease. “É importante o agente público conhecer o tema para parar de reproduzir o ciclo de violência”.

A campanha de combate à violência contra a mulher é uma ação permanente do Governo do Estado de Santa Catarina. Qualquer ato que atente contra a integridade moral ou física da mulher pode ser denunciado pelo telefone 180, da Central de Atendimento à Mulher, ou 190, da Polícia Militar de Santa Catarina.

MSC.