aadca7df e771 479c 8181 16263ba1d7d3

Está em andamento na Penitenciária Sul, em Criciúma, um programa de formação continuada para agentes, coordenadores de educação e professores envolvidos no projeto Despertar para a Leitura nas unidades da região Sul do estado. As aulas orientam os profissionais que trabalham com os detentos participantes no projeto, que prevê remissão de pena por meio da leitura e resenha de livros. O projeto é uma parceria da unidade com o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). As aulas acontecem mensalmente.

O Projeto Despertar pela Leitura foi criado em Março de 2009 pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária e propõe a leitura como forma de reabilitação social e econômica dos apenados à sociedade. A remissão da pena, um dos principais pontos do projeto, acontece quando o detento lê uma das obras literária sugeridas pelo juizado e produz uma resenha, no prazo de 21 a 30 dias. Professores da Secretaria de Educação são responsáveis por avaliar as resenhas. O processo gera a remição de quatro dias da pena total do detento, que pode ler um livro do projeto por mês. No estado de Santa Catarina, 4,7 mil internos participam do programa.

O curso oferecido na Penitenciária Sul teve início dia 7 de junho e é ministrado pela Professora Dra. Ana Godinho, especialista em Educação de Jovens e Adultos da UFRGS. Os encontros são mensais e a carga horária total desta etapa é de 40 horas, 30h presenciais e 10h online, com previsão para finalização em outubro. Em Junho, os envolvidos no projeto se reuniram para um treinamento de 8h, oferecido pelo IFSC.